NA PRIMEIRA SEMANA DA PRESIDENTE: CRUCIFIXO E BÍBLIAS SÃO RETIRADOS DE SEU GABINETE



Caríssimos Filhos,
Salve Maria!

Essa notícia não surpreende a nenhum católico fiel. E o início…..O que será colocado no lugar da Cruz do Senhor? Talvez uma imagem de Herodes…

Pe. Marcélo Tenório


Em sua primeira semana, Dilma Rousseff fez mudanças em seu gabinete. Substituiu um computador por um laptop e retirou a Bíblia da mesa e o crucifixo da parede.
 
Durante a campanha eleitoral, a então candidata se declarou católica foi atacada pelos adversários sob a acusação de ter mudado suas posições religiosas.
A presidente também trocou móveis para deixar o ambiente “mais confortável”. Os estofados coral, usados no Palácio do Catete no governo Vargas, foram substituídos por poltronas e um sofá da linha Navona, do arquiteto Sergio Rodrigues.
Dilma começou a trabalhar às 9h30. O primeiro compromisso é com Helena Chagas (Comunicação Social) para se informar; a seguir, com o chefe de gabinete, Gilles Azevedo; depois com Antonio Palocci (Casa Civil).
A presidente não tolera atrasos. Pede objetividade e não gosta de expressões como “eu acho”. Apesar do estilo rígido, um interlocutor que acompanhou os primeiros dias de Lula no poder diz que a sensação é de que Dilma está “mais à vontade”.
No período inicial, uma semelhança entre eles: Lula priorizou a agenda interna. Dilma faz o mesmo ao ter o trabalho dominado por reuniões com ministros.





2 respostas para “NA PRIMEIRA SEMANA DA PRESIDENTE: CRUCIFIXO E BÍBLIAS SÃO RETIRADOS DE SEU GABINETE”

Os comentários estão desativados.