HUMILDEMENTE MAGNO!





Pe. Marcélo Tenorio

Na manhã de hoje o mundo  parou para olhar o Papa Bento XVI, em sua última alocução à Igreja e ao mundo.

Na praça de S. Pedro mais de 150 mil pessoas das mais variadas partes do globo e, sobretudo da diocese de Roma.

O que mais me chamou atenção foi justamente a extrema simplicidade com que o Sumo Pontífice adentrou na Praça de S. Pedro, naquele seu último dia com os fiéis.

No momento como esse é comum o cântico do ” Tu es Petrus”, pelo coro da Sixtina, na entrada do Pontífice. Mas hoje o belo hino foi substituído por uma peça em órgão.

O Papa que poderia estar com vestes  mais especiais  e estola Petrina, preferiu a branca batina e, pelo frio da cidade eterna, a greca branca. Na maior simplicidade chega o Papa e é ovacionado pela multidão que grita palavras de agradecimento e de amor.

Nada na audiência geral que mostrasse diferença das demais . Chegou ao trono como um  “humilde trabalhador da vinha do Senhor”, deixa a praça de S. Pedro da mesma forma: do trono para o claustro.

Visivelmente emocionado agradeceu a todos e prometeu acompanhar-nos na oração.
“Não abandono a cruz, mas fico de uma forma nova junto do Senhor crucificado.”, disse o Papa.

Por fim, o Santo Padre nos deixa a marca de sua profunda fé na Igreja:

“Houve momentos em que as águas estavam agitadas e o vento contrário, como em toda a história da Igreja, e o Senhor parecia dormir, mas sempre soube que nessa barca está o Senhor e sempre soube que a barca da Igreja não é minha, não é nossa, mas é sua e a não deixa afundar”, acrescentou.

Bento XVI nos dá uma grandiosa lição de humildade e despojamento, desde quando anunciou sua renúncia até hoje em sua última audiência. Entrou com simplicidade, saiu com simplicidade. Nenhuma atitude que chamasse atenção para ele. Nenhum desejo de querer alimentar em nós um sentimento de perda ou de orfandade. Nada! Tudo para a Igreja! Tudo para Cristo.

A Igreja não é dele, mas de Cristo, como afirmou em suas palavras.

Consciente que está cumprindo a vontade divina, o Santo Padre se recolherá ao seu Mosteiro e ali ficará até a sua partida para eternidade.

É claríssimo que estamos vivendo um momento histórico e de graça para a Igreja e para o mundo. Se Nosso Senhor pediu ao papa essa nova missão, agora em claustro, é porque Deus tem seus desígnios para a Igreja que se cumprirão a seu tempo.

Rezemos pela Igreja, por Bento XVI e pelo novo Papa. Sobretudo rezemos pelo triunfo do Coração Imaculado de Maria que é o triunfo da Igreja!

4 respostas para “HUMILDEMENTE MAGNO!”

  1. O SANTO PADRE BENTO XVI OBRIGOU-SE A DEMITIR-SE

    Não há dúvidas que no atual momento a Igreja passa por situações particularmente difíceis, como noutras épocas de sua existencia, ora uma calmaria, ora as ondas revoltas dos inimigos sempre em alternancias, sempre pendendo em muito mais para os vendavais tempestuosos, como aparenta ser o nosso século XXI.

    Os multis problemas com que se defrontaria na Igreja o S padre Bento XVI abrangem uma característica toda singular: são marcados por muitos focos de dissensões internas e debandas na Igreja globais, e ainda os rebelados, juntando-se a tradicionais inimigos, conspiram contra a Igreja recorrentemente, assim como outros mais que lhes surgiram à sombra.

    Doutra forma, os remanescentes fiéis parecem anestesiados, pelo menos em grande parte: alguns poucos reagem, outros idem esboçam ligeira reação e, talvez a grande maioria apenas assistindo ao desastre, tendo como parâmetros a quantidade de partidos comunistas que se instalaram em muitos países de tradição católica graças a suporte essencial de ex sacerdotes, e aqui no Brasil constatamos a ascensão do comunista PT ao poder pelo obsequio da Teologia da Libertação, ainda dissimulando-se católica.

    Nesse caso, o S Padre Bento XVI obrigou-se a entregar o cargo por sentir-se incapacitado, poder dar uma solução e suportar a carga advinda de suas atitudes, motivo por que preferiu um substituto melhor condicionado para possível mais êxito na missão.

  2. Padre,

    Sua benção!

    Penso que o Senhor certamente já ouviu falar do Padre Gruner. Pois bem, ele postou um pequeno vídeo no youtube acerca do Santo Papa e sua renúncia. Disse textualmente que acredita que o próximo irá consagrar a Rússia ao Sagrado Coração da Santíssima Virgem Maria. Não explicou muito, mas sendo ele um estudioso de tudo o que envolve Fátima, eu me enchi de alegria. Coloco o link para que possa analisar:

    http://www.youtube.com/watch?v=dFPlXPYnazE

  3. Amém Padre Tenório, rezaremos, que o novo Papa tenha a forca necessaria para lutar contra a tormenta.
    Náo prevaleceráo!

  4. HUMILDEMENTE MAGNO!
    HUMILDEMENTE MAGNO!
    ou Magnamente Humilde

    belos adjetivos – belo amor!
    Como seria consolador se os católicos simplesmente acreditassem sem “fantasiar e delirar” nas palavras do Bento XVI da sua renúncia.
    Ele não quis repetir situações desesperadoras dos quais participava no final do papado do João Paulo II.
    Porque eu não devia acreditar nele?

Os comentários estão desativados.