“MONS. GUIDO, O TEMPO DO CARNAVAL ACABOU!”

 

“Aquela roupa vista o senhor, Monsenhor, o tempo do carnaval acabou”. Nosso muito obrigado pelo seu precioso trabalho, Monsenhor Marini.

Serão os franciscanos do Santuário de La Verna, na Toscana, que vão assumir todas as ações liturgicas na missa de Instalação ( antes, de Coroação) do pontificado do Papa Francisco, que acontecerá no próximo dia 19 de março. A solicitação foi feita pelo próprio papa eleito e indica a dispensa do Monsenhor Guido Marini e dos demais cerimoneários papais nesta cerimônia, mas também aponta para a breve exoneração de todos os demais, a começar pelo Mestre, o próprio Mons. Guido Marini.
O papa rejeitou todos os paramentos que já existem na sacristia da Basílica e que não se teria nenhum custo e mandou confeccionar outros, simples, mas caros, tanto para ele, como para os  concelebrantes.
A notícia pode ser conferida  nos dois sites fidedignos ” Imédia” e “Messa in Latino”. Este último site conta um fato lamentável que aconteceu antes mesmo da missa papal, na capela Sistina, na última quinta-feira: o papa Francisco, ao ver os paramentos pontificais dispostos sobre a mesa (e sempre usados pelos papas nesses momentos), teria dito ao Mons. Marini, que com todo empenho e zelo preraara a cerimônia:
“Aquela roupa vista o senhor, Monsenhor, o tempo do carnaval acabou”.
Era a primeira missa do Papa Francisco e a conclusão do Conclave.
Cf:

4 respostas para ““MONS. GUIDO, O TEMPO DO CARNAVAL ACABOU!””

  1. Padre Tenório, que mistério. Por que será que Deus Todo Poderoso está permitindo que isto aconteca?

  2. O PAPA FRANCISCO NOS TRAZ O VERDADEIRO CRISTO A QUEM DEVEREMOS SERVIR!
    O mundo de hoje preocupa-se demasiado com o dinheiro e o prazer devido à instigação constante dos ministros da DITADURA DO RELATIVISMO que adentram a sociedade devido à corrupção quase geral, por encontrar terreno propício para vicejar e eles nos apresentarem uma caricatura de Cristo..
    Daí o aparecimento de múltis seitas, como as protestantes, cada qual querendo se sobrepor à outra em disputas públicas, e no seu bojo oferecendo sempre uma religião atrativa, o maior é de um Cristo à disposição de contemplar a cada um em seus desejos, características de todas as seitas da midia – o inverso da verdadeira fé em que nos dispomos ao contido em Mt 16,24: … Quem quiser vir após mim, renuncie-se a sim mesmo, tome a sua cruz e siga-me.
    Note que o divisionismo sectario múlti atraente, cada um com suas particularidades é uma das formas de subversão pessoal, desviando da verdadeira fé, outro engodo dos niilistas para captarem multidões de forma ainda mais sutil.
    Como o mundo atual prioriza o bem estar individual de forma acentuada e egoística, têem investido nisso com força e infelizmente seduzido a muitos, com um Cristo desvestido de sua real missão, passando-nos por sermos os que devem ser servidos, para não dizer que é a mercantilização da fé.
    Há uma grande esperança de o jesuíta Papa Francisco ser o martelo das heresias, no desmonte dos ideólogos marxistas na América Latina, em particular, por possuir antecedentes bastante promissores nesse tipo de ações…
    É bom frisar que mesmo na Igreja têem proliferado tais mentalidades: as Eucaristias de “curas” – mais aventando o pentecostalismo protestante de certos grupos dissensos RCCs, idem de “libertação”, mais ligados ao anterior ou a grupos de comunistas sacerdotes da esquerdista Teologia da Libertação aliados ao PT, numa das propostas do “MARXISMO CULTURAL” para sairmos da opressão dos capitalistas…
    Só que não alertam que depois cairão sob o “Capitalismo de Estado”: totalitarista, extremamente opressor, materialista e ateu.
    Isso ficará para descobrirem depois quando acaso todos estiver caídos nas armadilhas, sem possível retrocesso…
    Há um alvoroço entre os comunistas latinos, a começar da Argentina, Brasil etc., em relação à eleição do Papa Francisco…

  3. Esta “notícia” foi prontamente desmentida, há mais de um ano, e o Mons. Marini acabou de ser reconduzido pelo Papa no cargo.

    Seria bom que este site se retratasse da mentira que espalhou. Não faz sentido ter o Padre Pio como patrono e ao mesmo tempo servir o pai da mentira.

  4. Sr. João. Salve Maria!

    Passo responder a sua “caridosa” e acusação. Já que gosta da ” verdade” e não de “mentiras”, pergunto-lhe: Esta notícia foi “prontamente desmentida” por quem? Por outros sites “verdadeiros”? Outra coisa importante: não é nossa a matriz da notícia. Na sua busca pela verdade deveria ter visto a fonte, da fonte e da fonte… Aliás a “Messa in latino. it”, mantem a notícia e afirma que suas fontes são confiáveis. Colocamos neste apenas o que o s blogs e sites do mundo inteiro publicaram. Sugiro que o senhor passe de site em site pedindo “retratação”…. Muitas vezes postamos simplesmente notícias e artigos de todos os lados: dos comunistas , dos jesuitas, dos tradicionalistas..Porque esse site, Sr. João é para pessoas adultas que sabem analisar, julgar e concluir….Também o fato do cerimoniário papal ter sido confirmado no cargo, não quer dizer nada. Parece-nos até que ele “adaptou-se” ao novo estilo. Agora se o papa disse ou não disse, a verdade é que muita coisa mudou…mudou…..mudou…..
    Sim, não esqueça de passar por esse também:
    http://fratresinunum.com/2013/03/16/aquela-roupa-vista-o-senhor-monsenhor-o-tempo-do-carnaval-acabou-nosso-muito-obrigado-pelo-seu-precioso-trabalho-monsenhor-marini/

Os comentários estão desativados.