PAPA NÃO DÁ BÊNÇÃO EM RESPEITO AOS JORNALISTAS NÃO CATÓLICOS!



Hoje o Papa encontrou-se com mais de 5 mil jornalistas na sala Paulo VI. Revelou ter escolhido seu nome por causa das palavras do Cardeal Claudio Hummes, que , quando viu o cardeal Bergoglio atingir os  dois terços dos votos, disse-lhe ao ouvido: ” não se esqueça dos pobres”. Referiu-se a D. Hummes como um ” Grande Amigo!”. Francisco desejou uma Igreja ” para os pobres”. Ao final da audiência, o Santo Padre não deu a tradicional bênção em consideração aos jornalistas , ali, que não eram católicos ( !)

31 respostas para “PAPA NÃO DÁ BÊNÇÃO EM RESPEITO AOS JORNALISTAS NÃO CATÓLICOS!”

  1. “Após falar por cerca de 10 minutos, ele cumprimentou no palco alguns funcionários do Vaticano responsáveis pelo trabalho com a imprensa, assim como alguns poucos jornalistas. No fim, Papa Francisco lembrou que nem todos presentes do auditório eram católicos, mas afirmou que todos são filhos de Deus, e deu uma benção final.”

    http://g1.globo.com/mundo/novo-papa-francisco/noticia/2013/03/papa-diz-que-decidiu-nome-apos-frase-cardeal-brasileiro.html

  2. “Após falar por cerca de 10 minutos, ele cumprimentou no palco alguns funcionários do Vaticano responsáveis pelo trabalho com a imprensa, assim como alguns poucos jornalistas. No fim, Papa Francisco lembrou que nem todos presentes do auditório eram católicos, mas afirmou que todos são filhos de Deus, e deu uma benção final.” http://g1.globo.com/mundo/novo-papa-francisco/noticia/2013/03/papa-diz-que-decidiu-nome-apos-frase-cardeal-brasileiro.html

  3. Isso nao e’ verdade:
    Antes de dar a sua bênção, Francis mudou-se o fluxo normal das coisas em consideração a multidão, explicando porque em espanhol:
    Eu disse que foi cordialmente transmitir a minha bênção. Uma vez que muitos de vocês não são membros da Igreja Católica, e outros não são crentes, concedo cordialmente a dar esta bênção silenciosamente, a cada um de vocês, respeitando a consciência de cada um, mas no conhecimento que cada um de vocês é um filho de Deus. Que Deus os abençoe!

  4. Antes de dar a sua bênção, Francis mudou-se o fluxo normal das coisas em consideração a multidão, explicando porque em espanhol:
    Eu disse que foi cordialmente transmitir a minha bênção. Uma vez que muitos de vocês não são membros da Igreja Católica, e outros não são crentes, concedo cordialmente a dar esta bênção silenciosamente, a cada um de vocês, respeitando a consciência de cada um, mas no conhecimento que cada um de vocês é um filho de Deus. Que Deus os abençoe!

  5. PARA ESCLARECER

    O Papa não deu a benção costumeira, invocando a trindade e fazendo o Sinal…Ele evocou em silêncio uma benção ” do coração”…por causa da liberdade de consciência

    Cf “Disse que lhes daria a minha benção de coração. Muitos de vocês não pertencem à Igreja Católica, outros não crêem. Concedo minha benção, de coração, no silêncio, a cada um de vocês, respeitando a consciência de todos, mas sabendo que cada um de vocês é filho de Deus. Que Deus os abençoe”.
    (CM)

    http://pt.radiovaticana.va/news/2013/03/16/francisco:_quero_uma_igreja_pobre_e_para_os_pobres/bra-673943

  6. Fabio Grea e Weldel e Samuel. Paz em Cristo.

    Não sei que benção a máteria está se referindo, mas se você quiserem ver por conta própria, aqui está o vídeo completo: https://www.youtube.com/watch?v=NYGYGx0Y_es

    A parte em que SUa Santidade o Papa Fancisco decide por não conceder a benção apostólica em respeito às outras crenças das demais pessoas pode ser vista a partir do minuto 28.

    Rezemos pelo sucessor de Pedro.

  7. Wendel Samuel, ´Fábio Paz em Cristo.

    Não sei que benção a matéria está se referindo, mas se você quiserem ver por conta própria, aqui está o vídeo completo: https://www.youtube.com/watch?v=NYGYGx0Y_es

    A parte em que Sua Santidade o Papa Francisco decide por não conceder a benção apostólica em respeito às outras crenças das demais pessoas pode ser vista a partir do minuto 28. Rezemos pelo sucessor de Pedro.

  8. São Francisco, no início, não entendeu o “vai, e reconstrói minha Igreja”. O papa está no início de seu pontificado. Muitas águas rolarão debaixo desta ponte, ainda. Acredito em cenas dos próximos capítulos surpreendentes, bem mais surpreendentes do que estas sobre as quais agora, os lobos, festejam…
    Paz e bem.

  9. Percebo nesses comentários fagulhas de arrogância e de desrespeito para com as outras pessoas. Por favor queiram respeitar a vontade do Papa em não dar a bençao. Isso só mostra que ele é um homem realmente escolhido pelo Espírito e vocês com essa prepotente arrogância em dizer que o que ele está fazendo não convém com a natureza de um homem que represente um Deus que é a mais pura doçura e que se mostrou ao lado dos que realmente precisam. Rezarei por vcs, caros hipócritas!

  10. Peço licença ao Revmo. Pe. Marcelo Tenório, e aproveito para rogar-lhe a bênção.

    Antonio, você inicia seu comentário sem nenhum modo de educação, e acusa a todos, incluindo o Revmo. Pe. Tenório, de serem arrogantes e desrespeitosos. Mas, parece que você mesmo, em suas palavras, não se limitou à sua ideia de mansidão e doçura, o que lhe contradiz do início ao fim, e lhe retira qualquer autoridade.

    Seu comentário carece de qualquer argumento, e por isso está unicamente intencionado a criticar o que não lhe agrada. A mentalidade moderna e liberal é assim: usa de falácias para falar muito, mas não dizer nada.

    Suas palavras são típicas do pensamento gnóstico que, parafraseando Voegelin, está sempre disposto a negar toda a realidade, a fim de escapar para uma ideia superior, um sonho de uma efetividade perfeita, assim como sonhavam os românticos do século XIX.

    Até aqui, não li comentário algum que seja prepotentemente arrogante, como você diz. Isso não passa de lérias. “Les mots d’un libéral…”.

  11. “Temos que evitar a doença espiritual de uma igreja auto-referencial.
    Se a igreja permanece fechada em si mesma, ela fica velha.
    Entre uma igreja que sofre acidentes na rua e uma igreja que está doente porque é auto-referencial, não tenho dúvidas sobre preferir a primeira [opção]”.

    Papa Francisco.

    Será que os irados estão na igreja fechada em si mesma?

  12. “mi-roma” a Igreja é autoreferencial porque o Senhor – Cabeça dela – é a Verdade, e assim se autodeclarou. “Eu sou a Verdade, o Caminho e a Vida”. A Igreja que o Senhor fundou não se fechou em si, outros é que, intencionalmente, distanciaram-se dela para fazer o que lhes é conveniente e que, obviamente, não corresponde à vontade do Senhor: praticar o aborto, o adultério, a fornicação, a morte e enfim, o pecado, em todas as suas faces.
    Portanto, o que você, desinformadamente, chama autodeclaração, é, na verdade, reafirmação do que N. Senhor, Cabeça Santa da Igreja, lecionou.
    Paz e bem.

  13. Realmente, não há como negar que ele parece que se preocupou mas com a opinião de todos ali e menos com o mandamento de Jesus ide por todo mundo e… peço perdão caso esteja sendo duro de mais…

  14. Estranhei-me com o Antonio, um assunto algo desconexo, acusatorio sem embasamento.
    O certo é que não só o S Padre, assim como o Pe Tenorio poderiam em determinadas circunstancias absterem-se algo da fé por o momento e os que estão à volta se enquadrarem em Mt 7,6: “Não deis aos cães o que é santo, nem atireis vossas pérolas aos porcos, para que não as pisem e, voltando contra vós, vos estraçalhem.
    Do mesmo modo, não se pode levar uma doutrina preciosa a pessoas incapazes de a apreciarem, poderiam fazer mau uso dela; seriam até pessoas pagãs ou hostis.
    Afinal, o ambiente era muito heterogeno, e por prudencia ou outro teria se valido desse expediente, e não tomou tal atitude sem antes ter avaliado os prós e contras…

  15. Este homem em 24 horas.
    – recusou a cruz de ouro.
    – recusou o carro de luxo.
    – recusou a sua escolta.
    – pagou sua conta na pensão.
    – exortou os bispos a saírem dos palácios a irem as periferias.
    – disse que a igreja sem cruz é uma piedosa ONG.
    – DEU SENTIDO A SEU APOSTOLADO.

  16. Jesus nunca se adaptou as convenções, ao que a massa queria! Jesus é ousado, corajoso, Ele é a verdade!!A humildade é a verdade, dizia Santa Tereza! Rezo para que o Papa Francisco seja de fato humilde e não vire as costas para uma tradição bimilenar. O papa deve respeito ao que o Espirito Santo produziu antes dele! Deus é uno! Deus é constante! Que o papa seja humilde em aceitar a Verdade que tem sido vivida a muitos anos. Deus nos livre do relativismo disfarçado de gestos exteriores de humildade!

  17. A minha decepção está bem resumida nesta parte do texto: “Muitos de vocês não pertencem à Igreja Católica, outros não crêem. Concedo minha benção, de coração, no silêncio, a cada um de vocês, respeitando a consciência de todos,” Enquanto deixarmos as coisas de Deus pra trás em respeito às consciências humanas, quando chegaremos até Deus? Por qual caminho? No entanto na intercessão de Abraão pelos justos de Sodoma em Gen.l8:32 está escrito: “Que o Senhor não se irrite se falo ainda uma última vez! Que será,se lá forem achados dez? – E Deus respondeu: “Não a destruirei por causa destes dez”. Pergunto: Será que entre estes jornalistas não haviam 10 que fossem católicos e mereciam esta bênção?

  18. Deixar de fazer o Sinal da Santa Cruz em consideração aos descrentes??? Um Papa???

    Confesso a todos vocês, meus irmãos, que eu estou apavorado! Embora confie na Divina Providência e saiba que nenhum de nós tem o direito de duvidar da Promessa de Nosso Senhor Jesus Cristo, de que estaria com a sua Igreja até o fim do mundo, e da Santíssima Virgem, que profetizou: “Por fim, o meu Imaculado Coração triunfará”, a situação parece-me crítica. Enfim, confiemos e rezemos unidos.

  19. Excelente comentário, Danielle Rodrigues. Lembro ainda que, assim como Nosso Senhor Jesus Cristo, também o próprio S. Francisco de Assis, que o Papa pretende homenagear, nunca, jamais buscou agradar ao mundo, adaptar-se às convenções, ao que “o povo” quer ou gosta…

    Sim, rezemos para que o Papa não perca de vista que “a humildade é a Verdade” (Santa Tereza d’Àvila).

Os comentários estão desativados.