5 respostas para “RECORDAR: SACRILÉGIO NA CANÇÃO NOVA!”

  1. Meu Deus! cadê o Bispo dessa jurisdição? não conegui ver o védeo todo. Vejo que, com muita razão, criticava o saudoso professor Orlando. De fato, a canção nova é uma nova religião. Eles pretendem (já disseram) evangelizar os quatro cantos do mundo. Quer dizer. a evangelização deve partir (para eles) da canção e não mais do vaticano. Graças a Deus existem Padres como Pe Marcelo Tenório, Pe João Batista de Almeida Prado. Que o Divino Espírito Santo encha esses dois Padres, de sabedoria.

  2. Bem…eu sei que não é um altar de uma igreja,que eu entendo que já é um erro, mas eu gostaria de saber os fundamentos canônicos que classificam o ato como sacrilégio. Mas particularmente como orientadora teatral posso dizer que tá todo mundo descoordenado, descompassado e estranho. Acredito na boa intenção de cada bailarino, mas isso me lembra Boas Novas.

  3. NÃO FOI À TOA QUE HÁ ANOS PARAMOS DE CONTRIBUIR COM ESSA COMUNIDADE SUPOSTAMENTE CATÓLICA, COMPORTANDO-SE COMO PROTESTANTE PENTECOSTALISTA E CISMÁTICA!
    Ela mais se enquadra com a referencia de S Tiago em 3,11: Porventura deita alguma fonte de um mesmo manancial água doce e água amargosa?
    Danças diante do SS Sacramento foi dos maiores absurdos que já vi, particularmente de uma emissora supostamente católica como a CN, que deveria ser um exemplo de piedade eucarística; muito ao contrario, incide em profanação.
    Já não bastaram outrora a presença do Chalita, Edinho do PT, acampamentos onde se pratica o pentecostalismo protestante, a indesejável presença de um dos maiores relativistas do Brasil Pe Fabio de Melo numa suposta “Direção Espiritual” e mais que ajudam a relativizar os católicos, isso sim.
    Já vi outro vídeo atribuído à CN em similar reprovável comportamento!

Os comentários estão desativados.