Francisco deixa na Bolívia as condecorações que recebeu de Evo Morales:

 

REUTERS890966_Articolo

 

 

Salve Maria!

      Aqui estão as palavras do Papa Francisco ao deixar aos pés da Virgem de Copacabana  as condecorações do índio comunista. Para Francisco considerou tais símbolos como sinal de “carinho e proximidade”.  Uma restrição mental à la Sto. Tomás ou simplesmente a verdade dos fatos como são, como comentava  alguém por aqui?

…. “Recebe como obséquio do coração da Bolívia e de meu amor filial os símbolos do carinho e da proximidade que – em nome do Povo boliviano – me entregou o Senhor Presidente Evo Morales Ayma”…
… “e o comemorado sacrifício do Pe. Luis Espinal, S.I. sejam emblemas do amor perene e da perseverante gratidão do Povo boliviano à tua forte ternura”…

Bolívia – Discurso do Papa Francisco aos Movimentos Populares

AFP4333240_Articolo

Santa Cruz de la Sierra (RV) –  No final da tarde desta quinta-feira o Papa Francisco concluiu o II Encontro dos Movimento Populares. Eis a íntegra do discurso preparado pelo Pontífice:

Boa tarde a todos!

Há alguns meses, reunimo-nos em Roma e não esqueço aquele nosso primeiro encontro. Durante este tempo, trouxe-vos no meu coração e nas minhas orações. Alegra-me vê-vos de novo aqui, debatendo os melhores caminhos para superar as graves situações de injustiça que padecem os excluídos em todo o mundo. Obrigado Senhor Presidente Evo Morales, por sustentar tão decididamente este Encontro.

Então, em Roma, senti algo muito belo: fraternidade, paixão, entrega, sede de justiça. Hoje, em Santa Cruz de la Sierra, volto a sentir o mesmo. Obrigado! Soube também, pelo Pontifício Conselho «Justiça e Paz» presidido pelo Cardeal Turkson, que são muitos na Igreja aqueles que se sentem mais próximos dos movimentos populares. Muito me alegro por isso! Ver a Igreja com as portas abertas a todos vós, que se envolve, acompanha e consegue sistematizar em cada diocese, em cada comissão «Justiça e Paz», uma colaboração real, permanente e comprometida com os movimentos populares. Convido-vos a todos, bispos, sacerdotes e leigos, juntamente com as organizações sociais das periferias urbanas e rurais a aprofundar este encontro. Continue lendo

Pe. Lombardi, Explica!

BOLIVIA-POPE-MORALES

La Paz (RV) – O Diretor da Sala da Imprensa da Santa Sé e da Rádio Vaticano, Padre Federico Lombardi, confirmou que a cruz entregue ao Papa pelo presidente Evo Moráles foi criada pelo padre jesuíta espanhol Luis Espinal Camps – assassinado por paramilitares durante a ditadura na Bolívia, em 1980, a quem Francisco rezou em memória no local da morte.

Pe. Lombardi disse que a cruz não deve ser encarada como uma ideologia e sim “como um sinal de diálogo muito aberto com todos para a liberação e o progresso da Bolívia”, na época da ditadura.

“Não era um símbolo conhecido, nem mesmo entre os jesuítas. Porém, vem de Padre Espinal, isso é certo”, acrescentou Pe. Lombardi.

“O Papa Francisco não conhecia a obra, acredito”, finalizou Padre Lombardi. (RB)

Fonte: http://br.radiovaticana.va/news/2015/07/09/pe_lombardi_explica_origem_de_cruz_entregue_ao_papa_pelo_pr/1157294

Discurso do Papa na Bolívia: Elogio aos avanços Econômicos e Políticos

AP2968682_Articolo

La Paz (RV) – No início desta visita pastoral, desejo dirigir a minha saudação a todos os homens e mulheres da Bolívia, com cordiais votos de paz e prosperidade. Agradeço ao Senhor Presidente do Estado Plurinacional da Bolívia a calorosa recepção que me deu e as suas amáveis palavras de boas-vindas. O meu agradecimento estende-se também aos Senhores Ministros e Autoridades do Estado, das Forças Armadas e da Polícia Nacional, que tiveram a bondade de me virem receber. Aos meus Irmãos no Episcopado, aos sacerdotes, religiosos, religiosas e fiéis cristãos, a toda a Igreja que peregrina na Bolívia, quero expressar-lhes os meus sentimentos de comunhão fraterna no Senhor. Reservo um lugar especial no coração para os filhos desta terra que, por várias razões, tiveram de procurar “outra terra” para os abrigar, outro lugar onde esta mãe os torne fecundos e possibilite a vida. Continue lendo