E Lutero entrou pela porta do lado….

 

lutero1

 

“Pestis eram vivus; moriens ero mors tua, Papa! – Papa, minha vida era a tua peste; minha morte será a tua morte!”

Se para o Papa Paulo VI, a fumaça de Satanás entrou….Hoje foi o próprio  Lutero – que entrou pela porta do lado….

Precisamente no dia 14 de outubro, um dia após as comemorações dos 99 anos das Aparições de Fátima e do estrondoso milagre do sol, não é a Virgem Maria , nem a Mensagem de Fátima que são lembradas na sala paulo VI, no Vaticano, mas o heresiarca Martinho Lutero inimigo da Virgem, da Igreja e do Papado.

O Papa Francisco recebe mais de 1000 peregrinos luteranos e mais uma vez confirma sua presença nas Celebrações dos 500 anos da diabólica Reforma Protestante.

Mais ainda, a estátua de Lutero  dentro do Vaticano e ao lado do próprio papa.

Este fato constitui por si mesmo um grande escândalo e exige das almas fieis um ato de reparação.

Lutero foi um herege, maldito e desobediente. Autor de divisão e um demônio feroz contra o papado.

Mas as tentativas de fazer deste herege um “bom moço” não vêm de agora. Já no passado, João Paulo II, dentro de uma igreja luterana, elogiava o que segundo ele chamava de ” profunda espiritualidade de Lutero”. Mas que “espiritualidade profunda” este cão raivoso possuía?

Eis aqui a ” Profunda espiritualidade de Lutero”:

Lutero ensina que Cristo cometeu adultério:

Cristo cometeu adultério pela primeira vez com a mulher da fonte, de que nos fala São João. Não se murmurava em torno dele: “Que fez, então, com ela?”, depois com Madalena, depois com a mulher adúltera, que ele absolveu tão levianamente. Assim Cristo, tão piedoso, também teve de fornicar antes de morrer.” (Martinho Lutero: Tischreden, nº 1472, ed. Weimer, 11, 107)”.

Lutero ensina  a deixar-se conduzir pelo pecado:

“Seja um pecador, e deixe os que vossos pecados sejam fortes, mas deixe que vossa confiança em Cristo também seja forte, e nos glorificamos em Cristo que é a vitória sobre a morte, o pecado e o mundo. Nós cometemos pecados enquanto estamos aqui, pois esta vida não é um lugar onde resida a justiça … Nenhum pecado pode nos separar d’Ele, mesmo se estivéssemos a matar ou cometer adultério milhares de vezes por dia.” (“Que os vossos pecados sejam fortes, a partir de “O Projeto Wittenberg, ‘O Segmento Wartburg”, traduzido por Erika Flores, de Saemmtliche Dr. Martinho Lutero Schriften, Carta n º 99, 1 de agosto de 1521).

Lutero condena as almas piedosas:

“Estas almas piedosas que fazem o bem para ganhar o Reino dos Céus, não só nunca terão sucesso, mas devem mesmo ser contadas entre os ímpios, é mais importante preservá-las contra as boas obras do que contra o pecado.” (Wittenberg, VI, 160, citado por O’Hare, em “Os fatos sobre Lutero, TAN Books, 1987, p. 122.)

Para Lutero o homem não tem livre arbítrio:

“… No que diz respeito a Deus, e em tudo o que traz a salvação ou condenação, (o homem) não tem ‘livre arbítrio’, mas é um prisioneiro, cativo e escravo, quer da vontade de Deus, ou da vontade de Satanás. ” (Da redação, “Escravidão da Vontade”, “Martin Luther:.. As seleções de seus escritos, ed por Dillenberger, Anchor Books, 1962 p. 190)

Lutero prega tortura aos camponeses:

“Assim como as mulas, que não se moverá a menos que você perpetuamente chicoteá-los com varas, de modo que o poder civil deve conduzir as pessoas comuns, chicote decapitar, estrangular, enforcar, queimar, e torturá-los, para que possam aprender a temer os poderes constituídos. ” (El. ed. 15, 276, citado por O’Hare, em “Os fatos sobre Lutero, TAN Books, 1987, p. 235.)

Lutero defende a poligamia:

“Confesso que não posso proibir uma pessoa de casar com várias esposas, pois isso não contradiz a Escritura. Se um homem deseja se casar com mais de uma esposa que ele deveria ser perguntado se ele está satisfeito em sua consciência de que  o faz em conformidade com a palavra de Deus. Nesse caso, a autoridade civil não tem nada a fazer sobre o assunto. ” (De Wette II, 459, ibid., Pp 329-330).

Muitas outras heresias vomitou Lutero  sobretudo contra o Santo Sacrifício da Missa

Hoje vemos, com pesar, a sua estátua dentro do Vaticano, ao lado de  um Papa.

Perdão, Santo Padre, mas nisso, em consciência, não poderemos segui-lo. Não podemos, não queremos e não iremos segui-lo.

Antes morrer que comemorar esta injúria ao Coração Imaculado de Maria e à Glória de Cristo que foi a diabólica Reforma Protestante.

 “Pestis eram vivus; moriens ero mors tua, Papa! – Papa, minha vida era a tua peste; minha morte será a tua morte!” ( Martinho Lutero, verso escrito em Schmalkalde durante grave enfermidade)

 

Que a Virgem de Fátima, que esmaga todas as heresias, possa cumprir o quanto antes o que nos predisse em Fátima:

“POR FIM , O MEU IMACULADO CORAÇÃO, TRIUNFARÁ!”

 

Pe. MarcéloTenorio

Fonte :

 

8 respostas para “E Lutero entrou pela porta do lado….”

  1. ai não. Uma imagem de Lutero dentro do Vaticano. Será que a Igreja do Senhor merece isto. Nem Lutero ousou tanto.

  2. Infelizmente esse tipo de ecumenismo tem levado a igreja a perder sua tradição, relativizar o que crê e a ignorar o seu próprio magistério. Noto um descompasso muito grande no que é praticado hoje e o que sempre foi ensinado. Quero dizer, reconduzir a igreja pra unidade hoje, significa muito mais unir-se aos protestantes do que reconduzi-los do erro da divisão, apontar seus erros doutrinários de negação da fé católica.

  3. Acho que é injusto usar citações fora de contexto para demonizar o monge Martinho Lutero, só basta um pouquinho de estudo para saber que essas frases estão totalmente fora de contexto , se esse tipo de argumento servisse para invalidar alguma coisa o catolicismo romano estaria em sérios apuros por ter em sua história papas tão imorais em seu pontificado que faria de Lutero um santo. No mais, as citações que o amigo padre postou tem sua fonte e de onde elas surgiram e são de fácil refutação como esse blog nos mostra👉 http://resistenciaapologetica.blogspot.com.br/2015/07/lutero-e-algumas-de-suas-supostas.html?m=1

  4. Querido irmão, de fato na história houveram erros que criaram grandes divórcios. Assim como em um casamento, pergunta-se quem errou mais para que houvesse divórcio? Também na história da Igreja pergunta-se quem errou mais? o divórcio foi solução? Quem ama a Jesus, nunca vê no divórcio, na separação uma solução. Jesus é unidade. Jesus é diálogo.
    É possivel amar a Igreja mais que a Jesus? Claro não, pois são um. É possível amar mais a Jesus que o próximo? Se não vemos Jesus no próximo, nunca veremos o amor de Jesus. Jesus acolheu a todos. É preciso mais amor, menos agressividade. A Tradição que Jesus deixou foi a Misericórdia de Deus. Se falo mal, me mostre onde. Mas se falo o bem, por que me agrides?

  5. Caríssimo Padre Tenório. Esse dito papa não merece ser seguido em nada pois ele contradiz os ensinamentos católicos e não respeita a Doutrina.

  6. SE LUTERO CAUSOU A DIVISÃO ENTRE A IGREJA E OS IRMÃOS, JAMAIS DEVERIAM SUA ESTÁTUA ESTÁ NO VATICANO, ELE CAUSOU O HOLOCAUSTO DE DIVISÃO QUE ELE MESMO COLOQUE A SUA ESTÁTUA JUNTO AOS SEUS SEGUIDORES PROTESTANTES….

  7. SINCRONIZAM-SE MAÇONS E PROTESTANTES…
    Uma das maiores autoridades da Maçonaria italiana, o Píccolo Tigre, exclamava: “Conspiremos contra Roma; e para isto sirvamo-nos de todos os incidentes, aproveitemos todas as eventualidades”. (Pe Teófilo Dutra – As Seitas Secretas – 1931).
    O Jornal do Recife, órgão da Maçonaria, edição de 18/09/1897 lançou a pergunta: “O que adianta, que utilidade tem a Missa?” “A Missa é uma mentira convencional como outra qualquer”. Ainda do mesmo jornal: “O celibato clerical é um absurdo! o voto da castidade, uma blasfêmia!… (Livro “Um Cristão Católico” – Recife – 1898).
    Lutero pregava em 1524: “Sim, eu o digo, todos os prostíbulos, condenados, entretanto, severamente por Deus, todos os homicídios, mortes, roubos e adultérios, são menos prejudiciais do que a abominação da Missa papista”.(15). No já citado panfleto “O Cativeiro da Igreja na Babilonia” de Lutero, o mesmo doutrinava afirmando que o padre “oferecendo a missa como um sacrifício […] é o auge da perversidade!”.(16). Os 2 sincronizam-se!
    … “Hoje vemos, com pesar, a sua estátua dentro do Vaticano, ao lado de um Papa.
    Perdão, Santo Padre, mas nisso, em consciência, não poderemos segui-lo. Não podemos, não queremos e não iremos segui-lo”.
    IDEM, EADEM, IDEM!

  8. *“*Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia…*”*(2 Ts 2,3)
    *“*Antes do Advento de Cristo, a Igreja deve passar por uma provação final que abalará a fé de muitos crentes. A perseguição que acompanha a peregrinação dela na Terra desvendará o ‘mistério de iniquidade’ sob a forma de *uma impostura religiosa que há de trazer aos homens uma solução aparente a seus problemas, à custa da apostasia da Verdade*.*”*(CIC § 675)

Os comentários estão desativados.