DIA dos SANTOS INOCENTES: Interessante Tradição

coro-meninos

Na Idade Média, nos bispados que possuíam escola de meninos de coro, a Festa dos Inocentes ficou sendo a destes.

Começava nas vésperas de 27 de dezembro e acabava no dia seguinte.

Tendo escolhido entre si um “bispo”, os cantorzinhos apoderavam-se das estolas dos cônegos e cantavam em vez deles.

A este bispo improvisado competia presidir aos ofícios, entoar o Inviatório e o Te Deum e desempenhar outras funções que a liturgia reserva aos prelados maiores. Só lhes era retirado o báculo pastoral ao entoar-se o versículo do Magnificat: Derrubou os poderosos do trono, no fim das segundas vésperas.

Depois, o “derrubado” oferecia um banquete aos colegas, a expensas do cabido, e voltava com eles para os seus bancos.

Esta extravagante cerimônia também esteve em uso em Portugal, principalmente nas comunidades religiosas”
.