Pio XII adverte sobre “uma Igreja que relaxa a Lei de Deus”

RORATE CÆLI

Neste tempo de renovada perseguição de cristãos por parte de islâmicos, secularistas,  anarquistas sexuais, e de um Papa que abertamente promove e consola a estes e outros inimigos da Santa Madre Igreja, enquanto esquiva seu dever de confirmar a seus         irmãos na fé, publicamos uma tradução (abaixo) das palavras proféticas do Venerável Papa Pio XII, oferecidas em 20 de fevereiro de 1949 ao povo de Roma, condenando a perseguição de cristãos na Europa do Leste por parte das ditaduras socialistas e comunistas.

Depois dos quatro cardeais, falam seis leigos. Talvez ao menos o Papa os escute

Por Sandro Magister

Tradução de Airton Vieira

Os quatro cardeais jamais estiveram sós com suas “dubia”. A prova disto é o que sucedeu em Roma no sábado 22 de abril em uma sala do Hotel Columbus, a poucos metros da praça São Pedro, onde se reuniram seis renomados eruditos leigos de outros tantos países do mundo para dar voz ao chamado que se eleva de grande parte do “povo de Deus”, para que seja lançada luz sobre a confusão suscitada por “Amoris laetitia”.

Arcebispo pede não crer em “mentira” de mestre maçom

 

É mentira que muitos católicos são maçons, disse ontem o arcebispo de Assunção, Edmundo Valenzuela, durante sua homilia na missa pela festa de Jesus Misericordioso na paróquia La Encarnación. Pediu não crer em Édgar Sánchez, sereníssimo grande mestre da Grande Loja Simbólica do Paraguai, quem afirmou que 90% dos que estão na maçonaria professam o catolicismo.