Depois dos quatro cardeais, falam seis leigos. Talvez ao menos o Papa os escute

Por Sandro Magister

Tradução de Airton Vieira

Os quatro cardeais jamais estiveram sós com suas “dubia”. A prova disto é o que sucedeu em Roma no sábado 22 de abril em uma sala do Hotel Columbus, a poucos metros da praça São Pedro, onde se reuniram seis renomados eruditos leigos de outros tantos países do mundo para dar voz ao chamado que se eleva de grande parte do “povo de Deus”, para que seja lançada luz sobre a confusão suscitada por “Amoris laetitia”.

Arcebispo pede não crer em “mentira” de mestre maçom

 

É mentira que muitos católicos são maçons, disse ontem o arcebispo de Assunção, Edmundo Valenzuela, durante sua homilia na missa pela festa de Jesus Misericordioso na paróquia La Encarnación. Pediu não crer em Édgar Sánchez, sereníssimo grande mestre da Grande Loja Simbólica do Paraguai, quem afirmou que 90% dos que estão na maçonaria professam o catolicismo.

Matar homossexuais é um mandamento muçulmano, não do ISIS

Andrew C. McCarthy, National Review

trad. Daniel Lopes e Eduardo Wolf

Sheikh Yusuf al-Qaradawi

Sheikh Yusuf al-Qaradawi

Várias notícias indicam que o número de mortos no ataque jihadista em uma popular boate gay de Orlando pode passar das 50 pessoas, com mais de 50 outras feridas. A identidade do terrorista foi informada: ele é Omar Mateen, um cidadão americano de 29 anos de idade, muçulmano devoto de Fort Pierce, Flórida, filho de imigrantes do Afeganistão.

Cardeal Burke: ” Papa não me concedeu entrevista”

Por LifeSiteNews, Roma, 11 de abril, 2017 | Tradução: FratresInUnum.com

O Cardeal Raymond Burke revelou em uma nova entrevista que ele solicitou uma audiência com o Papa Francisco, mas até agora não obteve resposta.

Cardeal Burke também reiterou que o Papa Francisco efetivamente o removeu de qualquer ato de governo na Soberana Ordem Militar de Malta, permanecendo, no entanto, como seu patrono.

Rússia proíbe Testemunhas de Jeová

Não há outra alternativa, o grupo religioso tem agora de se dissolver.

A notícia foi avançada pelo jornal Moscow Times que sublinha que a decisão equipara os cerca de 175 mil crentes desta religião a grupos terroristas como o Daesh ou a Al-Qaeda. Os membros das Testemunhas de Jeová estão proibidos de se reunirem ou de distribuir qualquer tipo de literatura religiosa.

Anunaciada a Canonização de Francisco e Jacinta: 13 de maio, em Fátima!

É mais um motivo para «todos» acorrerem à Cova da Iria nos dias 12 e 13 de maio, realçam os responsáveis católicos

Lisboa, 20 abr 2017 (Ecclesia) – A Conferência Episcopal Portuguesa acolheu hoje com “imensa alegria“ o anúncio da data da canonização de Francisco e Jacinta Marto, que terá lugar no dia 13 de maio no Santuário de Fátima.