Bispo de Campos ” ia”, mas “não vai” mais palestrar na Loja Maçônica

Dom Roberto Francisco fala sobre a polêmica de palestra sobre Fé e Cidadania em loja maçônica de Campos. "A diferença não nos impede de buscar juntos o bem comum com o diálogo", afirmou o bispo.

Arcebispo pede não crer em “mentira” de mestre maçom

 

É mentira que muitos católicos são maçons, disse ontem o arcebispo de Assunção, Edmundo Valenzuela, durante sua homilia na missa pela festa de Jesus Misericordioso na paróquia La Encarnación. Pediu não crer em Édgar Sánchez, sereníssimo grande mestre da Grande Loja Simbólica do Paraguai, quem afirmou que 90% dos que estão na maçonaria professam o catolicismo.

Bispo propõe aproximação entre Igreja e Maçonaria

Caríssimos,
Salve Maria!
Vendo essas fotos abaixo ( claro que não se trata da primeira vez que um bispo católico entra numa loja maçônica, mas sempre gera escândalos), quem duvidaria que a segunda parte do terceiro segredo de Fátima, fala de uma “grande apostasia”, como se vem anunciando?…Dizem que o papa Pio XII, ao ler o terceiro segredo passou mal..Vendo essas fotos, é de cair, mesmo!…Sãos os tempos de “aggiornarmento” joanino….
Pe. Marcélo Tenorio


Ex-juiz acusa maçonaria de controlar a justiça

Ex-juiz acusa maçonaria de controlar a justiça


Ex-juiz acusa maçonaria de controlar a justiça em Potugal


“O sistema de justiça português é constituído por lojas maçónicas e controlado pela maçonaria. Além de controlar as decisões dos processos – incluindo os casos da Universidade Moderna, Portucale, Casa Pia, Apito Dourado e Isaltino Morais -, controla igualmente a carreira dos juízes e dos magistrados do Ministério Público e dos altos funcionários do Estado”, diz José da Costa Pimenta, em carta para a actual ministra e os principais protagonistas do sector.

As acusações vão surgir em livro. Eis os vários processos:

CTT: (Citações do Ministério Público) Em escutas telefónicas, um indivíduo faz alusões à sua condição de maçom para obter informações do caso da venda de prédios

Moderna: (Citações do Ministério Público) Uma conspiração maçónica, com a Moderna como ponto de reunião, para tomar conta das estruturas do poder em Portugal, é revelada num documento de Nandim de Carvalho.

Portucale: (Citações de Abel Pinheiro) Nos governos de Guterres, o GOL era conhecido por o “gabinete”, dado o número de socialistas por metro quadrado. (…) É uma rede de relações humanas única.