FSSPX – Itália – Sobre a Mudança no Catecismo

Salve Maria

Trazemos, agora, a tradução em português feita pelo nosso Carlos Wolkartt, do pronunciamento da FSSPX , distrito da Itália, sobre a Mudança no ensino em relação a Pena de Morte, no Rescrito do Papa Francisco. A reflexão do Pe. Mauro é importante, traz a luz  ao fato. A Verdade Católica ela é imutável. Não existe desenvolvimento do “dogma”, da verdade, a não ser no entendimento tradicional, como coloquei em meu artigo sobre a questão, já publicado aqui. Comungo do pensamento do sacerdote, que não é dele. Ele apenas explicifica a doutrina imutável da Igreja.

OS ESCRAVOS DA IMAGINAÇÃO

01

Dom Lourenço  Fleichman, OSB

Uma oposição sistemática entre o mundo e a Igreja, entre a sociedade civil apóstata e a família católica: realidade mais do que conhecida, denunciada e lamentada. Todos nós sabemos disso e procuramos nos orientar de modo a não perder a fé, a não nos entregarmos aos prazeres e aos critérios desse mundo mau. Temos, sim, os Evangelhos e São Paulo que já nos alertavam e nos alertam ainda hoje, pela Revelação das Sagradas Escrituras. Temos a Igreja, com sua palavra forte, sua Tradição, seu depósito da fé, transmitindo, de papa a papa, de concílio a concílio, os conselhos e mandamentos que devemos seguir para não cair no abismo. E os padres lembram, em sermões e artigos, que devemos viver no mundo sem ser do mundo, que devemos estudar, nos armar contra a enganação do mundo, defender as crianças contra as escolas deformadoras, a televisão invasora e destruidora da moral católica.

Tudo isso nós sabemos e por isso devemos estar atentos e fortalecidos pela graça.

Mas não adiantou muito!

Não adiantou muito sabermos disso tudo, não adiantou muito os pais católicos saberem e desejarem um mundo católico para seus filhos. O testemunho dos pais é eloquente. Mesmo as famílias que não têm televisão sofrem do mesmo mal. Mesmo as crianças que estudam nos colégios de padres da Tradição, passam pela mesma crise.

Onde vamos encontrar os instrumentos para recompor a Cristandade? É possível recompor a Cristandade? Onde vamos encontrar forças para manter nossas famílias num mundo católico se “devemos combater as forças adversas espalhadas pelos ares”?

Pelos ares? Que forças são essas de que nos fala o Apóstolo, forças do mal, que nos ameaçam pelos ares? Vamos reler esta passagem do cap. VI da Ep. aos Efésios: